Logo Azata Plataforma de vendas Azata - Plataforma de vendas

Carregando...

Porque minha loja virtual não tem visitantes? Postado por Eduardo Bonfandini dia 2021-06-09 16:45:58

Existem, a nível geral, dois tipos de visitantes: os orgânicos e os pagos. 

Esta é uma pergunta muito pertinente, pois para termos vendas precisamos ter visitantes. A estatística informa que é preciso ter em média 250 visitantes diários para efetuar 1 venda no Brasil. Como podemos aumentar o número de visitantes da nossa loja virtual?

Existem diversos motivos para seu site não ter visitas e algumas ações que podemos tomar para melhorar as visitas, mas primeiro precisamos entender alguns conceitos.

Tipos de visitantes

Existem, a nível geral, dois tipos de visitantes: os orgânicos e os pagos. 

Os visitantes pagos são aqueles adquiridos através de campanhas de marketing pago, no Google ou nas redes sociais, normalmente Facebook e Instagram. 

Já os orgânicos são aqueles que chegam ao nosso site pesquisando no Google ou em outras ferramentas de busca.

Já que os orgânicos vem do Google, precisamos aparecer nos mecanismos de buscas, preferencialmente na primeira página, e para isso é necessário ter um bom ranking no Google. Esse ranqueamento também é chamado de SEO. SEO quer dizer “Search Engine Optimization”, que numa tradução livre seria “Otimização para mecanismos de busca”.

Para podermos otimizar nosso site para o Google primeiro precisamos entender como ele funciona.

Como funciona o Google?

O Google na verdade é uma caixa fechada, não temos acesso a forma exata que ele funciona, mas acessando a sua documentação e avaliando os resultados de busca temos uma boa ideia de como otimizar nosso site para ele.

Aqui vai uma lista simples de regras que o Google utiliza:

  • Prioriza sites rápidos e bem feitos, seguindo suas diretrizes.
  • Prioriza conteúdo, na forma de texto e imagens. Quanto mais texto seu site tiver melhor.
  • Penaliza conteúdo copiado, textos e imagens copiadas de outro site não aparecem nas pesquisas.
  • Palavras chaves. O Google extrai as principais palavras do seu texto.

Vamos explicar cada um destes itens agora.

Sites rápidos e bem feitos

O Google sempre vai priorizar os sites mais rápidos, pois ele deseja que seus visitantes acessem bons conteúdos mesmo em dispositivos sem boa internet. Essa questão é puramente técnica e sua plataforma ou programador precisa fazer essa otimização para você.

Mas rápido e bem feito são palavras vagas, para isso o Google criou duas ferramentas para conferir se seu site está okay: PageSpeed e LightHouse.

O Pagespeed Insights, acessado em https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/ verifica basicamente a velocidade do site, dando uma nota de 0 a 100, normalmente notas acima de 80 já estão ótimas, pois é bem complicado conseguir a tão esperada nota 100. As vezes isso demanda refazer uma boa parte do site/loja virtual.

Se o seu site estiver com nota abaixo de 80, reclame com seu programador ou plataforma, pois você está perdendo visitas, e está sendo penalizado no Google.

O Google Lighthouse é uma extensão do Google Chrome que pode ser instalada em https://chrome.google.com/webstore/detail/lighthouse/blipmdconlkpinefehnmjammfjpmpbjk e tem 5 notas, a primeira diz respeito à performance, apresentando o mesmo resultado que o Page Speed.

As outras 4 notas são acessibilidade, boas práticas, SEO e PWA. Dentre elas destacamos o SEO. Existem algumas regras técnicas que precisam ser aplicadas, a maioria dos sites e plataformas aplicam elas corretamente, mas apesar delas serem importantes, o maior impacto vem da velocidade e conteúdo original, que falaremos em seguida.

Conteúdo original

O conteúdo é um dos requisitos mais importantes. O Google prioriza a existência de imagens e de texto, principalmente. Escreva sobre seu produto, sobre sua empresa, escreva sobre tudo, isso é o mais importante para o Google.

Por exemplo, em nível de produto, é necessário entender que pro Google não importa o melhor preço. Para aparecer no mecanismo de busca é necessário escrever sobre o produto, dessa forma o Google entende que a sua loja virtual é uma referência sobre este produto.

Em nível de empresa o Google não sabe onde fica sua empresa se você não escrever exatamente em qual cidade você atende. Enfim, escreva, é o que mais fará você aparecer em buscas orgânicas.

Conteúdo copiado

Nunca copie conteúdo de outro site, principalmente texto. Nem mesmo do seu fornecedor de produtos. O Google vai marcar seu site como copiador e você não aparecerá mais nas buscas.

Entre não ter conteúdo e copiar conteúdo de outro lugar, é melhor não ter conteúdo.

Sério, isso é muito importante, não copie texto e imagens de outro lugar.

Palavras-chave

Outro conceito super importante é o de palavra-chave, você precisa entender que o Google não entende todo o seu texto, mas sim informações sobre ele, como quantidades de palavras, por isso é desejável ter bastante informação relevante.

Antigamente existia a opção de escrever no código fonte do site/loja virtual as palavras-chave da página, mas o Google notou que o pessoal colocava uma coisa ali e outra no conteúdo real do site e a partir daí começou a ignorar a tag no código do site.

Para montar as palavras-chave o Google conta quantas vezes cada palavra do seu site aparece e guarda essas palavras-chave. Então, quando alguém procura no Google, ele vai comparar o que a pessoa digitou com as palavras-chave que ele guardou. 

Vamos exemplificar: se montarmos um site escrevendo a palavra “e-commerce”, toda vez que uma pessoa for procurar no Google sobre “loja virtual” não vai encontrar o nosso site, pois “loja virtual” não é uma palavra-chave do nosso site.

Assim, quando você otimiza o seu site para o Google, você precisa utilizar as palavras-chave que você quer.

Simplificando: as pessoas só vão encontrar no Google o que estiver literalmente ESCRITO no seu site, várias vezes.

O Google possui a ferramenta Google Trends (https://trends.google.com/trends ), que demonstra as principais palavras chaves no momento, ou seja: o que as pessoas estão pesquisando no Google agora. Você pode usá-la para ver o que está em alta e ajustar seu conteúdo para estas palavras.

Enfim, este artigo foi uma ideia inicial, no sentido de dar um norte para responder a pergunta: “Porque meu site não tem visitas?”, mas agora que você entendeu que conteúdo textual é o mais importante é só colocar as mãos à obra e encher seu site de belos conteúdos originais.

Azata - Loja Virtual - Lajeado - RS